24 de agosto de 2010

Fragilidade

Num dia somos de ferro, granito, aço, no outro de barro, vidro, papel e perante isto parece-me cada vez mais que vivemos ao contrário.

2 comentários:

  1. Olá!
    Faz parte da vida :)
    Nuns dias sentimo-nos invenciveis, cheias de ânimo, noutros vamo-nos abaixo!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ana, acho é que vivemos pensando que somos imortais, preocupando-nos com coisinhas; adiando planos, quando afinal não somos mais do que uma chama de vela que qualquer sopro apaga sem saber quando.

    ResponderEliminar