26 de janeiro de 2012

momentos de auto-confirmação


Às vezes é uma palavra outras um determinado gesto outras uma expressão no olhar ou um sorriso ou um silêncio. Às vezes algo me faz parar nos meus pensamentos a mil à hora, no meu olhar clínico para pés, pernas, costas, braços, mãos e cabeças, nas intermináveis contagens da música, na procura da sincronização completa e na precisão e "limpeza" dos movimentos. Há momentos assim, em que me revejo e descubro, em certas alunas, em que sei exatamente de que palavra precisam, de que olhar precisam, de que tipo de estímulo precisam naquela situação e que pode ser diferente do que precisaram noutra. É assim que sei que amo o que faço e que ultrapasso os momentos de desanimo (que os tenho como todos) e quando o retorno são os olhos brilhantes e os movimentos cheios de atitude renovo a confiança de que o faço bem e que este é o meu caminho.

4 comentários:

  1. Belo post, Cat. Esses momentos são excepcionais e fazem-nos muitíssimo bem...parece estar muito relacionado com um post recente que fiz no meu blog, sobre automotivação.

    ResponderEliminar
  2. Olá Hugo! Tens toda a razão está sintonizado com a mensagem no teu post! Beijinho

    ResponderEliminar
  3. e prova que, além de amares o que fazes, também és muito boa nisso:)
    beijos

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Ana, se sou muito bom não sei mas acredito que faço todos os dias um bocadinho melhor ! beijinhos

    ResponderEliminar