7 de novembro de 2012

Perguntas dificeis

Passada a fase do querer saber como são feitos os bébés, como vão para a barriga e como saem de lá, as perguntas difíceis do meu filho são agora, e pelo menos para mim, as verdadeiramente difíceis:

"Mamã como é que Jesus está no meio de nós se ele morreu?"
"Mamã como é que as pessoas morrem e vão para o ceú se tudo o que vai para o ar cai se não tiver para-quedas?"
"Mamã o que é o espírito santo? E o que é só o espírito?"
(isto é só um reduzido exemplo das suas questões teológicas e metafísicas...)

E não há nada que o cale enquanto as respostas não fizerem sentido lógico na sua cabecita de 5 (quase quase 6) anos. Como se fosse fácil explicar a fé e o abstrato de forma lógica!

6 comentários:

  1. boa sorte com isso... não deve ser nada fácil...
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Uma fase difícil de gerir, mas é bom vê-los curiosos. :)

    ResponderEliminar
  3. De facto adoro que ele se mostre curioso, adoro que ele levante questões e adoro ainda mais que não se contente com qualquer resposta a despachar mas que nem sempre é fácil, é verdade!

    ResponderEliminar
  4. cat tenho mesmo 28, faço os 29 em março;)
    beijos

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma menininha de cinco anos recém-completados que também gosta de me fazer essas perguntas,rs
    adorei o blog e já estou a seguir!

    ResponderEliminar