3 de março de 2013

É sentido

O meu aplauso, de pé, a todas as Mães (Mães, não progenitoras) solteiras ou quase, deste mundo!

5 comentários:

  1. Penso nela tantas vezes e aplaudo-as no meu pensamento quase todos os dias.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Raquel, é ter o mundo às costas sozinhas, são fabulosas!

      Eliminar
  3. Oh, um obrigada pela minha parte, fazendo-me ao post

    ResponderEliminar