20 de fevereiro de 2014

Os nós que me atam

Fui muito feliz quando senti que fazia a diferença, que trazia algo de novo a algum sítio e que era acarinhada por isso. Onde as pessoas têm tudo por garantido e sem esforço nada valorizam, isso leva-me a pensar no que ando eu a fazer com o meu tempo . A pensar, claro , what else?!

Sem comentários:

Enviar um comentário