17 de janeiro de 2013

Boas compras

A propósito  deste post do MãeGyver fiquei a dar voltas à cabeça e cheguei à agradável conclusão de que não fiz compras flop (no que diz respeito e só à puericultura cá de casa) nem do meu primeiro filho nem agora dos gémeos. Bem pelo contrário há coisas que comprei  que se revelaram excelentes opções e pelas quais dou por muito bem empregue o dinheiro:

- Esterilizador de biberons de microondas: comprei um da Pré-Natal quando nasceu o meu primeiro filho e dura até hoje, é funcional, rápido e eficaz;

- Um trocador de fraldas almofadado (da Vertbaudet) que cabe à medida nas comódas tanto na minha como na dos bébés, é transportável e muito higiénica uma vez que se tira a capa para lavar na máquina e a base é impermeável;

- Balança digital (da Chicco): esta foi uma compra feita agora aquando da vinda dos gémeos para casa. O  meu mais velho ia ao centro de saúde para o peso semanal mas aos gémeos, sendo prematuros, preferimos proteger pesando-os em casa e evitando os centros de saúde cheios de gripes e coisas que tal nesta altura do ano;

- Um saco do bébé comprado nos saldos da Benetton há 6 anos atrás (foi um achado) e que está como novo: espaçoso em tecido impermeável, discreto, traz troca fraldas, bolsa para biberon isotérmica e bolsa para transportar muda de roupa. Continua a servir mesmo tendo que levar coisas em duplicado!

- Um humidificador comprado na loja online da Imaginarium com 60% de desconto e que tornou o ambiente do quarto muito mais saudável pois estava sempre demasiado seco devido ao aquecimento.

E penso que estas foram as 5 melhores baby compras cá de casa. 


2 comentários:

  1. Também nunca fui de comprar coisas de puericultura só porque sim.
    Tive o necessário e que foram compradas na primeira filha, seguiram para a segunda e muitas ainda foram emprestadas (acho que emprestadadas, pois nunca mais as vi).
    Uma pessoa tem de ser controlada nessas alturas, caso contrário levam-nos couro e cabelo com tretas que não são fundamentais.

    ResponderEliminar
  2. D. também tento ser muito racional nessas coisas e questionar-me se vou utilizar e com que regularidade determinado artigo antes de o comprar. Também emprestei muita coisa do meu filho mas felizmente foi tudo devolvido e posto a uso agora de novo!

    ResponderEliminar